NATAL - 01.jpg
Pacotes

NATAL

Rio Grande do Norte

BUENOS AIRES 2020.png
MAXTRAVEL 2020 - FUNDOS 01.png
NATAL 10.jpg

PONTOS TURÍSTICOS

PONTA NEGRA

A mais badalada praia de Natal, Ponta Negra tem como marca registrada o Morro do Careca, uma duna de 120 metros de altura e cercada por vegetação, com acesso fechado. O cenário reúne ainda um mar repleto de banhistas, surfistas, adeptos do windsurf e do kitesurf, além da turma do stand-up paddle. Ponto de encontro de várias tribos, é frequentada por nativos e visitantes, que lotam as barracas do calçadão. O melhor ponto para banhos é o canto direito, entre o fim do calçadão e o Morro do Careca - por ali, o mar é mais calmo e ainda tem a ótima estrutura do bar de praia Old Five. 

Da praia parte um passeio de barco (chamado jangalancha) que contorna o Morro do Careca e vai até a praia do Alagamar, que é território da Aeronáutica. Ali, é possível nadar e relaxar por meia hora. O passeio dura uma hora e 15 minutos. 

GENIPABU

Os grandes atrativos são as dunas que, aliadas aos bugues, fazem de Genipabu um verdadeiro parque de diversões no meio do nada. Os passeios podem ser "com ou sem emoção", o que significa mais velocidade e manobras radicais pelas dunas móveis e fixas, vez por outra abençoadas com lagoas de águas doce.
Do topo do monte de areia é possível apreciar a Lagoa de Genipabu e também fazer passeios na corcova de dromedários.

PASSEIO DE BUGUE ATÉ PIPA

O passeio de um dia é quase todo feito pela praia (nos dias de semana). A viagem de 50 quilômetros (alternando areia e estrada) funciona como um beach-tour, com paradas para fotos nas praias do Cotovelo, de Pirangi (o bugue pode também parar no Maior Cajueiro do Mundo), no mirante da Barra de Tabatinga, na lagoa de Arituba e na praia de Camurupim. A viagem continua pela praia e dunas de Malembar, Lagoa Guaraíras (travessia da de balsa). 

Do outro lado da lagoa já é Tibau do Sul, ligada a Pipa por uma estrada panorâmica de onde se avistam as praias de Cacimbinhas e do Madeiro. Os bugues costumam passar pelo centro de Pipa e ir até o Chapadão.

PASSEIO DE QUADRICICLO

O passeio percorre as lagoas de Pium e Nísia Floresta, ao sul de Ponta Negra. São cinco lagoas: do Peixe, do Pirata, Amarela, da Juventude e do Alcaçuz. Cada participante pilota seu próprio quadriciclo, rodando em comboio, liderados pelo guia.

AQUÁRIO NATAL

O aquário fica no caminho para Genipabu (e pode ser uma boa opção visitá-lo depois do passeio nas dunas). Nos tanques, peixes marinhos e também de rio, como o pirarucu. Tem também tartarugas, pinguins, hipopótamo e um tanque onde se pode tocar um tubarão manso de 2 metros. É possível, ainda, mergulhar de cilindro com tubarões. 

MERGULHO LAGOA MISTERIOSA

A 55 quilômetros de Natal (Litoral Norte), o distrito é famoso por seus parrachos - formações de corais - a sete quilômetros da costa. Na maré baixa, os recifes formam piscinas de águas mornas e cristalinas onde é possível mergulhar em meio a peixes coloridos. Bastante preservadas, as formações abrigam rica fauna marinha como budiões, baiacus, robalos, polvos e moréias, vistos com máscara e snorkel.

Por se tratar de uma Área de Preservação Ambiental, os 13 quilômetros quadrados de parrachos têm a atividade turística controlada e fiscalizada - na alta estação, somente 654 pessoas por dia podem nadar por ali. Na baixa, o número cai para 492 pessoas.  A profundidade do mergulho fica entre dois e quatro metros.

Depois da travessia, feita em lanchas rápidas,catamarãs, barcos de pescadores ou jangadas, os visitantes chegam a um flutuante - ponto fixo de onde os grupos de mergulhadores partem para vislumbrar as belezas submersas. Lá embaixo, ninguém pode tocar em nada, de acordo com as normas de preservação. Em Maracajaú, também é possível mergulhar com cilindro.
Maracajaú é distrito da cidade de Maxaranguape, que abriga o ponto da América do Sul mais próximo da África - o Cabo de São Roque. Para sinalizar o local, em 1898 foi construído um farol de 32 metros de altura. Cartão postal de Maxaranguape, o farol descortina uma das mais belas vistas da região.

 

NATAL

Os 400 quilômetros de costa de Natal e arredores, emoldurados por dunas, recifes, falésias e piscinas naturais, fazem da capital do Rio Grande do Norte um dos destinos mais procurados do país. Junte-se a tudo isso passeios de bugue, rústicas vilas de pescadores, natureza preservada, noite agitada e sol quase todos os dias do ano. Resumo: férias perfeitas!

Natal foi fundada pelos portugueses no século 16, com a construção do Forte dos Reis Magos. A fortaleza, com formato semelhante ao de uma estrela de cinco pontas, é um dos principais cartões-postais da cidade. Além de guardar canhões e muitas histórias, descortina uma bela vista das praias urbanas da capital potiguar.

A mais procurada é Ponta Negra, concorrida durante o dia em função de seus quiosques; e badalada quando o sol se põe por reunir alguns dos melhores bares e restaurantes locais. Em muitos deles, o cardápio é repleto de delícias típicas da culinária regional à base de frutos do mar, carne-de-sol, feijão verde, arroz-de-leite...

press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
1/1
shutterstock_795649972-e1550390882768.jp
GASTRONOMIA 2020.png

GASTRONOMIA

Na hora de conferir a variada gastronomia de Natal, todos os caminhos levam à Ponta Negra, onde está boa parte dos restaurantes. E embora os pratos à base de frutos do mar – destaque para os pratos do Camarões Potiguar - encham os olhos de qualquer turista, vale a pena experimentar as delícias típicas da culinária local. No cardápio de estabelecimentos como Tábua de Carne, as estrelas são a carne-de-sol, a macaxeira frita ou cozida, o feijão verde, o arroz de leite...  

 

Vale guardar espaço para a sobremesa, que traz doce de caju, cartola (banana com queijo), tapiocas doces... Quem quiser experimentar um pouquinho de cada receita nordestina, doce ou salgada, deve seguir para o Mangai - sabores de todo o Nordeste se encontram no farto bufê. Para conhecer os restaurantes preferidos dos natalenses, siga para o bairro de Petrópolis.

 
  • ICON 5
  • ICON 4
  • ICON 2
  • ICON 3
ThinkstockPhotos-179602867.jpg

FILME

Disponível em nosso

canal do youtube

FILME 2020.png
INFORMAÇÕES 2020.png

INFORMAÇÕES

 A primeira coisa a fazer para curtir os principais atrativos de Natal é alugar um carro ou contratar um bugueiro. Em seguida, é só decidir que direção tomar. Rumo ao litoral Norte, do outro lado do rio Potengi, está um verdadeiro parque de diversões natural em meio a dunas, lagoas e praias da região de Genipabu. Entre as atrações estão manobras radicais nos montes de areia, passeios a bordo de dromedários, aerobunda (tirolesa) e esquibunda (descida em pequena prancha) nas lagoas de Pitangui e de Jacumã. Vale a pena esticar o passeio até Maracajaú, um complexo de piscinas naturais a cinco quilômetros da costa.

Para o litoral Sul, as paisagens revelam algumas das mais belas praias da região, entre elas, as do vilarejo de Pipa. No caminho até lá, é obrigatória uma parada em Pirangi do Norte, onde está o maior cajueiro do mundo e ponto de partida rumo às piscinas naturais. Já em Pirangi do Sul, as águas tranquilas e cristalinas são perfeitas para a prática de esportes náuticos.